6 de mai de 2008

Coitoação ou conceituação de Marcas

Acho a arte de criar logos uma das coisas mais fabulosas do Design. Encanta-me toda a parte de enrolação, quer dizer concentração, quando se cria o conceito, que para mim nada mais é que mais uma ferramenta de persuasão para cativar clientes.

Eu acredito numa criação mais métrica e menos conceitual, ou seja, pensarmos mais como designers do que publicitários. Um bom exemplo é quando você DEZAINER escolhe uma tipografia baseada no conceito e não na função dela que é tornar logo com boa leiturabilidade e legibilidade.
Mais foda-se, cada um sabe o designer que é..

Porém uma coisa me irrita mesmo, sabe aqueles superintendidos em Design? Aqueles que acham que entendem de tudo por já terem lido a Meio & Mensagem durante a secagem de cabelos no Hair Design.

Eu mesmo já tive alguns logos criticados, alias qual designer não teve, mais os argumentos são os melhores, algo do tipo:

" Ó se virar de ponta cabeça e contra o sol num ângulo de 174º pro leste , parece aquele símbolo da nova era, o ying-yang (que na verdade é na Filosofia Chinesa uma representação do principio da dualidade, utilizado também como símbolo da medicina tradicional daquele país.”

Para um cara que escuta Enya no Culto de quarta, ta vendo muita coisa..

Mais tem gente que vacila mesmo.. esse caras, tão aí em baixo.. hahaha



Subistitua o A pelo Dog e entenda o Conceito.. hahaha



Foda, prefiro ficar calado.. usem a iamginação...



Nessa Clínica Odontologica o dentista vai beeeem fundo no canal..


Ops.. da pra fazer uma logo de uma agência com isso, nada mais claro e sincero.


Aaaa, quem adivinhar onde está a sacanagem desta bela logo, posta ae..

E você vai continuar sendo designer...

2 comentários:

Anônimo disse...

Poxa vc só pensa em sexo. Fala sériooooooooo!

rosanne disse...

ahhh esta no mouse?