16 de mar de 2010

E se os softwares fossem pessoas?

Ando sumido, mas juro que agora vou pegar firme e voltar a postar, rs...

Um dia destes fiquei pensando, como seriam nossos tão queridos softwares se eles fossem pessoas?
Bem resolví então desenha-los...
Illustrator: Tal seria um gentleman, rápido, leve, esguio, mas ao mesmo tempo viciado, cheio de firulas estranhas e hábitos nada saudáveis.

Sony Vegas:  Rapidinho e pequeno, faz tudo ligeiro, só que basta você querer importar um arquivo um pouco diferente do normal que vai ter que arrumar uma porrada de codecs e plugins obscuros, e até alguns pagos.

Premiere: Com efeitinhos prontos tão manjados no mercado, faz tudo florir, brilhar e pipocar na tela e assim vai saltitando enquando renderiza tudo errado.

Corel Draw: Pesado, lambuzado. Ainda é o número um em países emergentes, mas fazer o que né? Corel é que nem catapora, todo mundo pega quando é criança.

Final Cut Pro: O poderoso programa de edição de vídeo da Apple parece lindo maravilhoso até quando ele resolve soltar mensagens de erros que não explicam nada com nada, do tipo "aconteceu um erro e não vou te falar o que é".

4 comentários:

Ana Andrade disse...

e o photoshop? o amigo de toda playboy?

 GIBA disse...

Em breve vou fazer mais! hahaha

Galileo disse...

faz um do flash tbm... hehe

Daniel Cotrim disse...

Cara, na boa. Eu queria mesmo ver o do filho da p... do Powerpoint.

Ficaram muito legais este ai. parabens.